ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

16 de março de 2013

REVIVER...


De repente morreu o verso
fez-se o silêncio total
o poeta ficou só, calou-se
palavras soltas no ar
estrofes vazias, lágrimas
uma poesia incompleta
rompeu-se o elo
o sonho virou pesadelo
a luz apagou-se enfim
foi um acreditar e errar
novos campos terá que trilhar agora
uma nova canção, novos versos
o despertar de um novo dom
reviver...

  texto Angela Souza  Imagem Google.



Nenhum comentário:

Postar um comentário