ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

8 de abril de 2012

TALVEZ.

Talvez eu me renda à você
aos carinhos que me ofereces
ou deixe que o coração sinta
os versos de um poeta  apaixonado.

Talvez eu me enxergue em você
nos seus olhos brilhantes e fortes,
mas na verdade não sei se consigo
estar dentro do seu coração tão puro

Talvez eu seja a paixão errada pra você
ou simplesmente não saiba amar,
deixei meu desejo frio e sem cor
sou um erro na sua vida ou na minha

Talvez eu seja apenas um verso inacabado,
pois a vida deixou marcas tão profundas
que ficaram entalhadas na alma e agora
estou com medo de me enxergar em você

Talvez eu queira teu amor, mas estou fugindo
e toda essa contradição me enlouquece
quero demonstrar frieza e não dá
agora estou lembrando de você

Talvez simplesmente eu sinta você e
como é bom ser embalada nos seus sonhos,
recuperar meu coração em seus braços
certo ou errado estou prestes a me entregar à você...





Nenhum comentário:

Postar um comentário