ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

31 de março de 2012

TRANSFORMAÇÃO.

Não sinto mais sua voz dentro de mim,
dos meus sonhos você sumiu,
já não passa mais de um vazio no passado
onde as sombras regem as lembranças.

Olho além de tudo, além de você
e encontro um coração puro, livre,
esse é o meu coração sem dor,
renascendo do desespero e desamor.

Lembra que eu costumava sorrir
e fixar meu olhar dentro do seu,
te embalando com a mais bela canção
bem aqui dentro do meu peito?

Foi quando tripudiou e pisou minha alma
deixando agonizar o espirito em dor,
mas agora em cada verso e palavra
meu renascer é claro, brilhante...

Pois quando o desejo apareceu
minha vida se transformou em luz e
como num passe de mágica,
revivi e desabrochei feliz...





Nenhum comentário:

Postar um comentário