ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

24 de março de 2012

ÊXTASE.

Extasiada sinto seu ser
no encantamento de minha alma
quando nossos corpos se tornam um
volúpia desse momento explosivo
na entrega dos corpos amantes
ardorosos beijos na entrega
serei nesse instante você
enquanto você degusta meu ser
saboreando nas entrelinhas das minhas curvas
o doce sabor da mulher felina
entregue a paixão carmesim na hora de amar
num explosivo querer...
Devoro-te num querer sem fim
e sinto no infinito do tempo
o pulsar de toda a eternidade...



2 comentários: