ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

5 de junho de 2011

TEMPO NOVO.

O tempo apertou meu passo
andava de vagar sem rumo
agora corro dentro de mim
na ânsia de acertar meu ser
nada sei de quem sou aqui
apenas quero ser o agora...
E, o agora renasceu em mim
sem dor ou sofrimento, vivo
minha mente soltou as algemas
livre sigo um novo horizonte
esperando o tempo que chega...

Nenhum comentário:

Postar um comentário