ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

24 de junho de 2011

AO MEU AMOR.


Encontramos-nos no tempo dos sonhos
Deixei entrar em mim a paixão avassaladora
Recebendo seu amor tão puro e sublime
Entreguei a você o meu melhor sorriso

Fiz-te meu amante, amado e amigo
Fui sua menina dos versos dourados
Misturando inocência com sedução
Seu amor decifrou meus versos

Posso dizer que com o tempo passando
Estou te amando e saboreando sua essência
Sinto você como parte de mim e sou uma parte sua
Criamos raízes em nosso intimo tão profundo sentimento

Seu amor me enobrece e aquece a fria alma do passado
Mesmo nos anos à frente continuarei te amando
Tamanha grandeza do sentimento que me domina
Entreguei a esse amor toda pureza do meu espírito liberto


Eu te amo sem pressa ou medo
Simplesmente te amo...




Nenhum comentário:

Postar um comentário