ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

7 de maio de 2011

ASSIM QUE AMO.


O amor talvez não seja o de sonhos e versos
Aquele que o poeta alegremente traduz
Mas está aqui dentro vivo e pulsante
A mulher que sou ama assim, sem fronteiras
Sem rosas, dias ou músicas...
Apenas deixa o sentimento fluir
Não há questionamentos ou ilusões
O amor vem e se instala até o momento da partida
Talvez eu sinta saudades ou não, mas amo assim...
Como as borboletas amam a vida e as mariposas à noite
Amo com paixão e ternura, apenas amo...
Entrego-me ao amor real e nele vivo emoções
Então sou o amor em você e você em mim...



Um comentário:

  1. Belo texto! O amor é lindo e nobre em qualquer que seja a sua forma. Tenha uma semana maravilhosa; bjs!

    ResponderExcluir