ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

13 de novembro de 2010

POEMA TRISTE.

Amareladas folhas de papel
onde deixo minhas sofridas palavras
do poema que escrevi com lágrimas
contando a dor de te perder
meu reflexo é de uma alma abatida
em um versejar sem notas musicais..
Poema triste, você existe...

Nenhum comentário:

Postar um comentário