ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

19 de outubro de 2010

Poesia de Calliope.



























Oráculo

É cumprido o oráculo !
Ora penso...
Fora propício o momento? 
No triste jogo fora justo tão parco detrimento?
Cismo cumprido antes do tempo...
Pois não se trilha tanta terra em tão pouco movimento
Não se desbrava toda a alma em tão ínfimo desalento
Não se galga patamares num átimo de sofrimento
É cumprido o oráculo
Ora penso...
Acrescidas de penas foram as asas do anjo surreal?
Acrescido de penas fora em seu inferno mental?
É cumprido o oráculo!
Silente me faço
Não a alma inda mais despedaço...

2 comentários:

  1. Que linda, Angela! Eu também sou fã de Calliope... acho que vou pedir a ela que deixe eu postar algo também! Muito, muito lindo o teu blog. Um beijo meu em tu!

    ResponderExcluir
  2. Angela,fico muito emocionada em ver um escrito meu assim figurando em tua pagina.Obrigada,querida!Baci,poeta!

    ResponderExcluir