ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

3 de outubro de 2010

Me senti assim tão só
tudo estava escuro
seu corpo não estava mais
como em um túnel negro
andei e sentei sem forças
pensando no seu amor
que não existiu, só em mim
no meu querer e desejos
acordei de repente
sem entender o que acontecia
sozinha nesse túnel de trevas
meu coração sangrava
esmagado em sentimentos
meu corpo adormecido
sem poder movimentar-se
tudo escurecia, cada vez mais
tentei buscar o nada, mas
o nada estava longe...
Como tudo nesse momento
cruel da descoberta de dor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário