ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

15 de outubro de 2010

Poema de Ricardo Vichinsky

  Algo Maior.
Você pode não compreender
A beleza desse sentimento
Sublime
Que te entrego
Pois tu me cativou
E admito
Tenho necessidade de ti
Algo que vai além
De minha compreenção
E nada tem a vem com
Tempo ou lógica
E permite
Que o afeto seja compartilhado
Entenda,
Não falo de amor
Pois com ele
Sempre vem o ciùmes,
Que só admite a exclusividade
As vezes não consigo
Conviver contigo
O quanto gostaria
Mas pelo simples fato
De ter conciência
Que você existe
Já alegra minha alma
E te digo
Você pra mim é indispensável
Mas confesso
Talvez seja egoismo
De minha parte,
Afinal
Só quando compartilhamos
Nossos momentos
E que consigo notar
A minha própria alegria
Refletida em teus gestos
Mas jamais  confunda
E torno a dizer
Não se trata de uma declaração
De amor 


E sim de algo maior
Uma intensa amizade
Esse sentimento que nunca morre  


Nenhum comentário:

Postar um comentário