ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

20 de setembro de 2010

Falso amor.

Camuflei sentimentos
não querendo enxergar
que você não estava aqui
junto a mim,como pensei.

Fui cega, visão ofuscada
nessa busca inútil em vão,
você não se deixou achar
ficou escondido em si...

O medo te apavorou e fugiu
silêncio de um ser incompleto
deixando em mim esse vazio.

Há quão doce minha ilusão
e amarga a decepção desse falso amor
finalmente recuperei a visão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário