ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

5 de setembro de 2010

A dança.

Ao dançar com você
meu corpo desliza
em suas mãos suaves
sentindo seu toque
delicados em cada curva...

Meu pensamento vai voar
em direção do seu amor
toda vez que te sentir
vou rodopiar, rodopiar
Amar e dançar com você...

Nas ondas dessa canção
nosso amor diferente
é para sempre, meu bem
com notas suaves, aceleradas
no balanço de nossos corpos...

No concerto desse amor
numa valsa estrelar
quero te beijar,sentir
ofereço-te as flores
amarelas em ouro girassol


Plenitude de dois seres
bailando o tango da vida
aquecendo a alma verdadeira
desse amor em versos
dançar com você, me faz delirar


A poesia desse momento tem
o mágico perfume da noite
o sabor da alvorada, eternizando
o momento dessa entrega em notas
musicais orvalhadas de paixão...

Nesse salão que é o mundo
você me faz bem de mais,
entregar meu corpo nesse ritmo
sendo mais você do que eu
seremos um só, criando raízes...

Dançar...Dançar...
Deixar a alma se libertar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário