ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

29 de agosto de 2010

Rompi os elos.

Hoje vejo que tudo acabou,o amor se foi,
que grande alívio, você ficou no passado,
me sinto livre para amar sem medo, nem dor...
Das amarras que me prendiam a você, rompi os elos,
fica a lição de que o amor sempre vale a pena,
que sofrer por ele nos engrandece,fortalece...
Você perdeu minha essência o melhor que te dei,
agora só resta a lembrança de tudo, das promessas
não cumpridas, do amor não doado, sonhos perdidos...
Da sua doença me curei e um novo amor acharei...
O passado ficou e um novo futuro vai chegar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário