ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

29 de julho de 2010

Saudades.

saudades de ver você
de andarmos juntos
passearmos de mãos dadas
de um longo beijo ao luar
de trocar confidências
rirmos do nada e chorarmos
vendo aquele filme...
Saudades do tempo que
ficou para traz no infinito
de nossos seres,amor que
restou dentro de mim
Saudades só saudades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário