ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

31 de julho de 2010

Quando a chuva caí...

Quando a chuva caiu, vendo seus pingos, lembro das lágrimas
Salgadas que derramei por você, por não entender o por que
Não poderíamos nos amar, até entender a dura realidade
O amor nem sempre chega ao mesmo tempo para todos
Muitas vezes estamos em períodos diferentes um do outro
E as vezes nunca vivemos no mesmo,de quem amamos
Mas amar vale a pena, engrandece a alma, alegra a vida
Chorar faz parte, revigora nosso ser.. Faz crescer...
Amo-te e até dizer basta ao meu querer, sem nuca esquecer
A grandeza desse amor,verdades nela contidas sem medo
De revelar ao mundo o que sinto,mesmo sentindo só...

Nenhum comentário:

Postar um comentário