ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

20 de julho de 2010

Felicidade.

Luzes no infinito
brilhou no luar
sonho que surgiu
no horizonte
como esperança que
renascem a cada dia
felicidade que chegou
como um arco íris a
brindar com suas cores
presenteando com sorrisos
o colorir desse dia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário