ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

14 de julho de 2010

Canto de amor.

Num canto de dor
em versos de amor
o sofrer desapareceu
renasceu com sonhos
esperanças e delírios.
Num canto de amor
deixou o coração de sofrer
encanto de um ser
que agora só sabe querer.
Num canto de amor, não há
canto com dor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário