ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

27 de julho de 2010

Assim sou.

Sou a poesia em construção
com versos de outono
em minhas linhas versos simples
delineando minhas verdades
com esboço de uma vida.
Utopias de meu ser,
quimera de um versejar
tentando se encontrar
no labirinto dessa estrada
que faço trilhar, com desejos
de amar a todos os seres
e poeta me tornar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário