ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

26 de julho de 2010

Amor encantado.

Ah o amor que me invade a alma
brota em mim flores de inverno
jardim da vida com tranquilidade.
Memórias revividas,dores passadas
volta sentimentos puros
que em noites enluaradas dormem
em meu ser .Revivem nesse novo
amanhecer com esperanças de acontecer
o amor por você,meu doce predileto
das horas suaves com gosto de frutas
doces como mel, suspiros envoltos
em perfumes de alfazema,nos campos floridos.
Meu amor encantado em versos e prosas
insana loucura de todo meu eu
alucinado desejo desse querer
beijo-te em poesia até eu te ter...

Nenhum comentário:

Postar um comentário