ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

22 de junho de 2010

Simplesmente.

Quantos sonhos soltos no ar
das ilusões,dos momentos
dores passadas como um tormento
amores deixados no passado
buscando uma nova realidade
encontrando o seu bem querer
diferente a cada amanhecer
sonhos que não voltam,mas se renovam
sonhar sempre,viver como nunca
buscar o seu eu interior
curar feridas e simplesmente
curtir cada momento intensamente
sendo sempre a sua própria verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário