ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

15 de junho de 2010

Poeta ladrão.

Foi ilusão, as palavras
macias do poeta ladrão
roubou meus sonhos e emoção.
No começo era paixão...
Poesia e canção...
Depois dor e solidão...
Saudade já não é...
Virou recordação...
de um amor e ilusão...
Desse pobre coração...

Nenhum comentário:

Postar um comentário