ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

20 de junho de 2010

Poema de Mario quintana.

DO AMOROSO ESQUECIMENTO

Eu agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

Mario Quintana - Espelho Mágico

Nenhum comentário:

Postar um comentário