ESCREVER É UM VÍCIO QUE NÃO QUERO CURAR NUNCA.

25 de setembro de 2009

Vejo o mar.

Sorrindo vejo o mar e no infinito meu pensamento fica a navegar,tentando me encontrar,
distante da melancolia do triste vai e vem das ondas,das desilusões perdidas no ermo da vida,
fico pensando onde por tanto tempo estive,meu ser era outro ,meu querer nada mais era do que deixar pra tras tudo e todos...
Simplesmente o não querer era o meu querer,agora todo o meu ser é um louco querer,navego nas emoções e descubro as doces ilusões dessa louca vida...
E sorrindo vejo o mar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário